Epicentro do coronavírus na China registra aumento na taxa de recuperação dos enfermos

Mais de 40.000 profissionais da saúde já foram enviados à região

A taxa de recuperação dos pacientes do novo coronavírus em Hubei, região mais afetada pela epidemia na China, aumentou de 7,14% para 53,81% nos últimos vinte dias. Desde o início do surto, cerca de 40.000 profissionais da saúde foram enviados à província, como informam as autoridades locais.

Yang Yunyan, vice-governador de Hubei, afirma que “a quantidade de leitos para os pacientes em condições severas e críticas pode satisfazer às demandas na província”. Segundo o político, a capital Wuhan tem mais leitos do que pacientes.

Wuhan tem 10 hospitais designados para o tratamento de pacientes em condições severas e críticas, com 7.286 leitos e 245 leitos em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

O número de curados na província chegou a 36.167 nesta segunda-feira.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.