Encontro na Alesp anuncia o Dia da Cultura e Imigração Chinesa

Chineses imigrantes no estado de São Paulo possuem o dia específico para eles

 

No dia 10 de agosto, foi realizado no auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o seminário de Celebração e Anúncio do “Dia da Cultura e Imigração Chinesa no Estado de São Paulo”, celebrando a aprovação da Lei 17.115/2019. Desde então, imigrantes chineses possuem um dia no calendário oficial do estado de São Paulo.

A história de imigração chinesa ao Brasil remonta ao início do século XIX, quando eles plantaram chá neste país. No ano de 2017, a cidade de São Paulo estabeleceu o dia so Imigrante Chinês em 15 de agosto. E em 2018, o mesmo dia foi reconhecido nacionalmente. Porque é o dia 15 de agosto? A data é o dia comemorativo do estabelecimento das relações diplomáticas entre China e Brasil desde 1974.

No entanto, o Estado de São Paulo, com a maior concentração da população chinesa, aprovou a Lei nº 17.115 em 18 de julho de 2019, que instituiu a data a ser comemorada, anualmente, em 1º de outubro. O dia também é conhecido como o símbolo da fundação da República Popular da China.

O encontro começou às 7h da noite, foram presentes mais de 200 pessoas, incluindo diplomatas, oficiais, e representantes da comunidade chinesa. Foram apresentados também danças e músicas chinesas no evento.

A Consulesa Geral da China em São Paulo acredita que “o estabelecimento do Dia da Cultura e Imigração Chinesa em São Paulo seja mais um ponto de conexão entre nossos dois lados e nosso povo”.

E o governador de SP, Rodrigo Garcia, parabenizou a toda comunidade chinesa, por entrar definitivamente no calendário oficial do estado. “Contem sempre com nosso apoio, um abraço a todos, e continuem nos ajudando a fazer São Paulo esse grande estado do Brasil.”

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.