Empréstimos relacionados à agricultura da China registram crescimento estável

Valor de empréstimos pendentes chegaram a 47,1 trilhões de yuans

Colheitadeiras operando em campos de trigo na vila Xisong do distrito de Sansi, cidade de Xingtai, Província de Hebei, norte da China, em 8 de junho de 2022. (Xinhua/Zhu Xudong)

Créditos: Xinhua/Zhu Xudong

Os empréstimos da China para as áreas rurais, famílias rurais e setor agrícola registraram um crescimento constante no primeiro semestre de 2022, mostrou um relatório do banco central.

No final de junho, os empréstimos pendentes do país relacionados à agricultura em yuan e moedas estrangeiras chegaram a 47,1 trilhões de yuans (US$ 6,98 trilhões), 13,1% acima em relação ao ano anterior, de acordo com o relatório divulgado pelo Banco Popular da China.

Os empréstimos subiram 4,07 trilhões de yuans no primeiro semestre, 1,05 trilhão de yuans a mais do que no mesmo período do ano passado, revela o documento.

Até o final de junho, o saldo dos empréstimos para agricultores subiu 11,9% em relação ao ano anterior, enquanto o saldo dos empréstimos para a agricultura e áreas rurais (distritos e abaixo) subiu 9,2% e 13% em termos anuais, respectivamente.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.