Empresa chinesa processa Apple por violação de patentes

Xiao-i pede US$1,4 bi em indenização pelo uso de tecnologia de reconhecimento de voz

Customers visit the Apple store at Grand Central Terminal in New York on March 1

Uma reportagem publicada pela agência de notícias Reuters noticiou que a empresa chinesa de inteligência artificial Shanghai Zhizhen Intelligent, popularmente conhecida como Xiao-i, está processando a Apple por violação de patentes.

A Xiao-i afirma que a tecnologia de reconhecimento de voz utilizada pela Apple infringe uma patente concedida em 2009 para a empresa chinesa.

A ação pede US$1,43 bilhão de dólares em indenização e exige que a gigante norte-americana pare de “fabricar, usar, prometer vender, vender e importar” produtos que infringem a patente.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.