Empresa chinesa desenvolve robô farmacêutico

A tecnologia será usada para aprimorar o serviço em farmácias e garantir que o público faça um uso seguro de medicamentos

Uma empresa de tecnologia de Pequim desenvolveu um robô inteligente para ajudar profissionais a fornecer serviços de farmácia e medicamentos e garantir que o público faça um uso seguro desses medicamentos. Segundo o seu desenvolvedor, o funcionamento do robô é equivalente a um farmacêutico profissional com 10 anos de experiência em ajuda aos pacientes a tomar remédios de forma eficaz e segura.

Usando as tecnologias de inteligência artificial, o robô pode fornecer análise de sintomas, verificações seguras do uso de medicamentos, regimes de dosagem, entre outros serviços, pelo que disse o desenvolvedor. A inovação tem como objetivo recuperar a insuficiência de farmacêuticos profissionais na China, onde novas farmácias de varejo devem estar equipadas com farmacêuticos profissionais e os responsáveis legais ou gerentes de todas as farmácias de varejo devem possuir qualificações profissionais de farmacêutico.

De acordo com o centro de certificação de farmacêuticos profissionais da Administração Nacional de Produtos Médicos, até o final de maio, o país tinha 439 mil farmacêuticos profissionais registrados em empresas farmacêuticas de varejo e quase 500 mil farmácias.

Com a iniciativa da Internet com assistência médica, a China empregou várias tecnologias avançadas para melhorar seus serviços médicos, como aplicativos móveis para registro hospitalar e dispositivos de reconhecimento facial para autenticação de identidade em hospitais.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.