Embaixador da China no Brasil reforça que país não fabricou novo coronavírus

Yang Wanming concedeu nesta semana entrevista à Revista Veja e classificou teoria como “completamente absurda”

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, concedeu nesta semana uma entrevista à Revista Veja. O diplomata reforçou que a versão de que o país asiático fabricou o novo coronavírus é uma “teoria da conspiração completamente absurda que nunca se amparou em dados”.

“Distorcer os fatos para fazer ataques politizados ou estigmatizados é uma tática que atende aos interesses políticos de alguns e obstrui a cooperação global no enfrentamento da pandemia”, declarou Yang.

O embaixador também comentou os compartilhamentos por políticos brasileiros de fake news difamando a China. “O importante não são casos pontuais, e sim o quase meio século de relações diplomáticas entre a China e o Brasil, um período de progressos significativos em todas as áreas. Não há atritos históricos nem conflitos de interesses essenciais entre os dois países, que compartilham uma vasta gama de objetivos comuns e mantêm sólida parceria”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.