Embaixador chinês nos EUA afirma que China continuará com suas portas abertas

Declaração aconteceu durante um jantar com o governador do Kentucky e empresários e funcionários do estado

O embaixador chinês nos Estados Unidos, Cui Tiankai, garantiu que a China continuará com as suas portas abertas para a comunidade internacional. “Não podemos nos desenvolver com as portas fechadas (…) temos que abrir as nossas portas ainda mais e buscar a cooperação com os outros, especialmente com países como os EUA”, afirmou em um jantar com o governador do estado do Kentucky, Matt Bevin.

Cui disse que a relação entre a China e os Estados Unidos não é um jogo de soma zero, e que seguirá trazendo benefício mútuo. Ainda assim, disse que Pequim e Washington deveriam abordar seus problemas comerciais de uma forma mais efetiva. Ao falar com os empresários e funcionários do Kentucky, o embaixador assinalou que tem plena confiança na cooperação bilateral no nível de províncias, municípios e condados.

“Nas últimas décadas, os chineses aprenderam que o estado [do Kentucky] tem muito mais a oferecer, incluindo o Bourbon, as corridas de cavalos, produtos agrícolas e manufaturados. Isso fez com que o público chinês e os líderes empresariais desenvolvessem relações sólidas com o estado do Kentucky”, acrescentou Cui.

Por sua parte, Bavin garantiu que a sua administração está trabalhando para reduzir a burocracia para as empresas que desejam investir no Kentucky, destacando o desenvolvimento da rede de transporte do estado. O governador ainda admitiu que certas políticas que Washington está aplicando criaram incertezas nos laços bilaterais, mas se comprometeu a trabalhar em nível estatal para dar garantias aos investidores internacionais.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.