Embaixador chinês faz análise das atuais relações sino-americanas

“Sempre haverá diferenças entre nós, mas nossos interesses e necessidades mútuas superam quaisquer diferenças”, afirma Cui Tiankai

O embaixador chinês nos Estados Unidos, Cui Tiankai, concedeu uma entrevista ao ex-secretário do Tesouro dos EUA, Hank Paulson, no programa de podcast “Straight Talk with Hank Paulson”.

Durante a conversa, o embaixador chinês fez uma análise das atuais relações sino-americanas. “Ela se expandiu, se aprofundou e se tornou mais complicada, abrangente e complexa. Já abrimos muitas novas áreas de cooperação, áreas que talvez não tivéssemos imaginado no início”, disse Cui.

“Para ser justo, algumas das diferenças permanecerão conosco por muitos anos. Temos que reconhecer que sempre haverá diferenças entre nós porque somos dois países diferentes com heranças históricas, culturas, sistemas políticos e econômicos diferentes”, explicou o representante chinês.

“Mas temos que lidar com as diferenças de uma forma construtiva. Devemos ter em mente que nossos interesses comuns e necessidades mútuas sempre superam quaisquer diferenças que tenhamos”, destacou ele.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.