Em 5 anos, China construirá 10 mil km de linhas de trem

Objetivo é modernizar desenvolvimento de áreas chave para o país

A China pretende estruturar 10 mil km de ferrovias em áreas urbanas e interurbanas para melhorar o transporte em regiões importantes para o desenvolvimento, comunicou a Comissão para a Reforma e o Desenvolvimento Nacional (CRDN).

As novas linhas vão modernizar as conexões entre a foz do rio Yangtsé, da Grande Baía (que liga Hong Kong e Macau com outras cidades na foz do rio das Pérolas) e de Pequim-Tianjin-Hebei.

“Essas regiões são os aglomerados urbanos e metropolitanos mais importantes do país, por isso é necessário desenvolver uma rede de transporte moderna com o trânsito ferroviário como espinha dorsal”, diz a nota.

Em julho, a China State Railway Group anunciou que 4.400 km de ferrovias serão lançados ainda neste ano. Destes, 2.300 km são linhas de alta velocidade.

A China retomou projetos ferroviários com investimento em ativos fixos que atingiu 325,8 bilhões de yuans (US$ 49,866 milhões) no primeiro semestre deste ano. O número representa um aumento anual de 1,2% e tem como objetivo impulsionar a economia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.