Egito saúda cooperação “frutífera” com a China na luta contra a COVID-19

País já recebeu dois lotes da vacina chinesa da Sinopharm

A ministra da Saúde do Egito, Hala Zayed, elogiou a cooperação com a China no combate à pandemia da COVID-19 como “frutífera e sem precedentes”, na última semana.

“Gostaria de agradecer ao Estado da China, à sua liderança, ao governo e ao povo, pela grande solidariedade conosco nesta crise”, disse a ministra em uma coletiva de imprensa no Cairo.

Zayed apontou que o país já recebeu dois lotes da vacina chinesa da Sinopharm, que foi a primeira a ser aprovada pelo país africano no combate ao coronavírus.

Depois do início da vacinação em profissionais da saúde do governo em janeiro, o país começou a imunizar idosos e pacientes com doenças crônicas altamente infecciosas.

Ainda na última semana, o embaixador chinês no Egito, Liao Liqiang, disse em uma coletiva de imprensa online que a China deve continuar a fornecer assistência vacinal ao Egito nas próximas etapas. Liqiang acrescentou que departamentos e empresas dos dois países começaram negociações para o início da produção local de vacinas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.