Editora Unicamp inaugura “Série Clássicos da Literatura Chinesa”

Primeira obra publicada é “Flores Matinais Colhidas ao Entardecer”, de Lu Xun

A Editora Unicamp, em parceria com o Instituto Confúcio, inaugurou a “Série Clássicos da Literatura Chinesa”, que reunirá títulos em edições bilíngues. A novidade servirá como instrumento didático para estudantes de mandarim, bem como para chineses que estudam português.

A primeira obra publicada é “Flores Matinais Colhidas ao Entardecer”, de Lu Xun, com dez textos em prosa escritos em 1926, sobre a vida do próprio autor.

“É uma tradução inédita de uma obra muito representativa desse autor, que marca a transição para a literatura chinesa moderna. Pelas próprias memórias, Lu Xun conta um pouco da história da China, do fim da Dinastia e início da República”, afirma Bruno De Conti, diretor do Instituto Confúcio na Unicamp, em entrevista à revista China Hoje.

Durante um evento online de lançamento, De Conti explicou que o objetivo da série é lançar um título novo por ano. “Em 2022, publicaremos um livro com quatro lendas chinesas de tradição oral, que serão escritas pelos nossos professores convidados. Em 2023, colocamos um desafio ainda mais difícil: fazer uma coletânea com os poemas chineses mais representativos de cada dinastia”, declarou.

As edições da série reunirão prefácios acadêmicos, que salientam aspectos da cultura e da história chinesa. Segundo o diretor, o objetivo principal da iniciativa é “preencher a lacuna da população brasileira sobre o desconhecimento da cultura chinesa”.

“Por razões, históricas políticas e econômicas, a gente sempre teve um olhar apurado sobre a produção cultural dos Estados Unidos e da Europa Ocidental, mas com uma negligência tremenda para o resto do mundo”, declarou De Conti. “Essa negligência não é por acaso. É uma subordinação à visão do ocidente, que ao longo da história, se auto atribuiu ao status de um mundo civilizado, em oposição ao que seria um oriente exótico.”

Traduzido pela primeira vez para o português, o livro “Flores Matinais Colhidas ao Entardecer” será enviado para universidades parceiras na China, além de outras sedes do Instituto Confúcio no mundo, como Portugal, Angola e Moçambique.

A edição já está à venda através do site da Editora Unicamp por um preço promocional de R$ 25,00.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.