Edição brasileira de livro de Xi Jinping é lançada em São Paulo

O lançamento de “Xi Jinping: A Governança da China” contou com a presença de membro do Comitê Central do PCCh, da cônsul-geral chinesa em São Paulo e do governador paulista João Doria

As edições brasileiras do primeiro e segundo volume do livro “Xi Jinping: A Governança da China” foram lançadas em São Paulo antes da 11ª Cúpula do BRICS, que será realizada em Brasília em novembro. O lançamento contou com mais de 260 convidados, incluindo Liang Yanshun, vice-chefe do Departamento de Comunicação do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh); Chen Peijie, cônsul-geral chinesa em São Paulo; e João Doria, governador do estado de São Paulo.

Durante o evento, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, Liang disse em seu discurso que o livro reflete a evolução e os principais pensamentos de Xi Jinping sobre o Socialismo com Características Chinesas para a Nova Era. A obra também mostra o caminho de desenvolvimento da China e as suas soluções para alguns desafios comuns da humanidade.

Liang explica que a publicação da obra injetará nova vitalidade nos esforços China-Brasil para fortalecer os intercâmbios em governança e traçará um novo curso para os laços bilaterais. Chen, por sua vez, disse que o livro também fala das abordagens da China para manter a paz mundial e promover o desenvolvimento humano. Para ela, o texto ajudará os brasileiros a entenderem melhor as ideias e posições da China relativas a assuntos internacionais, assim como suas políticas e práticas diplomáticas.

Já Doria revelou ter se sentido honrado com a realização do evento de divulgação em São Paulo. O governador observou que a China estabeleceu um exemplo em governança nacional e desenvolvimento econômico e sugeriu que os brasileiros estudem o livro, para tirar inspiração das experiências chinesas em enfrentar diversos desafios.

O evento foi realizado conjuntamente pelo Departamento de Comunicação do Conselho de Estado da China, pela embaixada chinesa no Brasil, pelo Grupo de Publicação Internacional da China e pelo consulado geral chinês em São Paulo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.