Doutorado especial é concedido a 33 budistas tibetanos

Título foi entregue pelo Colégio Superior do Budismo Tibetano em Pequim

Trinta e três budistas receberam o diploma “Tho Ram Pa”, um título acadêmico sênior no Colégio Superior do Budismo Tibetano da China em Pequim, no último final de semana.

Os acadêmicos pertencem a diferentes seitas do budismo tibetano, como Jonang, Sakya e Gelug. Depois de completarem três anos de estudo, serem aprovados nas provas e defenderem suas dissertações, os acadêmicos obtiveram seus diplomatas, equivalentes a um doutorado.

Ao discursar na cerimônia, Zhukang Tubdankezhub, vice-presidente da Associação Budista da China, pediu que os acadêmicos mantenham o princípio de que a natureza chinesa do budismo tibetano deve ser garantida e que o budismo tibetano deve ser adaptado à sociedade socialista.

Os acadêmicos que se formaram prestaram homenagem religiosa ao 11º Panchen Lama, Bainqen Erdini Qoigyijabu, após a cerimônia de concessão do título. A cerimônia foi a 17ª desse tipo. Ao todo, 273 monges receberam o diplomata “Tho Ram Pa” até o momento.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.