Descoberto grande local de produção de bronze de 3 mil anos

Arqueólogos encontraram 12 mil peças de moldes, fornos e vasos rituais de bronze em área escavada

Uma equipe de arqueólogos chineses afirma ter descoberto o maior local de produção de bronze já conhecido durante o fim da Dinastia Shang (cerca de 1.600-1.046 a.C.) na província central de Henan. Os últimos achados mostram que a área central do sítio Xindian tinha cinco espaços de produção de bronze separados e que cada um tinha zonas especiais para oficinas, vida, sacrifícios e tumbas.

“Em uma área escavada de 4.000 metros quadrados, várias oficinas independentes de fundição de bronze que integram dissolução, fundição e polimento de bronze foram descobertas”, disse Kong Deming, vice-diretor do Departamento de Patrimônio Cultural da cidade de Anyang.

Uma série de grandes vasos rituais de bronze foi desenterrada. Além disso, cerca de 12 mil peças de moldes e fornos foram escavados no local. O sítio arqueológico de Xindian foi descoberto em 2016. O local fica a cerca de 10 quilômetros da área central das ruínas de Yin, a última capital da Dinastia Shang.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.