Decisão dos EUA de banir TikTok e WeChat fere regras da OMC, afirma representante chinês

Para porta-voz, medidas “violam os princípios e objetivos básicos do sistema comercial multilateral”

Uma reportagem publicada pela agência de notícias Reuters revelou que um representante chinês afirmou à Organização Mundial do Comércio (OMC) que as restrições dos Estados Unidos aos aplicativos TikTok e WeChat violam as regras do órgão.

Durante uma reunião a portas fechadas, a autoridade da China, que não quis ser identificada, disse que as medidas “são claramente inconsistentes com as regras da OMC, limitam serviços comerciais transfronteiriços e violam os princípios e objetivos básicos do sistema comercial multilateral”.

Recentemente, o governo dos EUA exigiu bloqueios de download nos dois aplicativos chineses.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.