Da Rússia à China: a jornada de milhares de quilômetros de aves siberianas

Grous-siberianos possuem apenas 4 mil espécimes no mundo

Classificados como criticamente ameaçados na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza, existem apenas cerca de 4 mil grous-brancos siberianos em todo o mundo, com apenas uma única rota de migração deixada no planeta.

Cerca de 70%  da população da espécie inicia sua jornada migratória do Parque Nacional Kytalyk, na Rússia, para a China. Pesquisadores chineses descobriram pela primeira vez os grous siberianos no lago Poyang em 1980. Agora, cerca de 98% dos animais passam o inverno no mesmo local.

Em dezembro de 2021, a Administração Nacional da Reserva Natural do Lago Poyang assinou um Memorando de Entendimento (MoU) sobre cooperação estratégica com o Parque Nacional Kytalyk da Rússia para melhor proteção e monitoramento das aves.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.