Cristais são encontrados em porcelana chinesa esmaltada

A porcelana onde eles foram encontrados foi escavada no Museu do Palácio, em Pequim

Foi encontrado um número bastante grande de cristais de alta pureza dispersos em porcelana esmaltada roxo-dourada que foi escavada no Museu do Palácio, também conhecido como Cidade Proibida, em Pequim. Os cristais encontrados têm de um a três micrômetros (μm) de comprimento e menos de um μm de largura, sendo que a grossura deles é de aproximadamente 150 nanômetros (nm), pelo que informou o funcionário do Museu do Palácio Lei Yong.

O esmalte roxo-dourado possui tons marrom-avermelhados, o que acontece por causa da formação desses cristais, e pelo que se acredita, a porcelana em que eles foram encontrados é do século XVIII. O Museu do Palácio, ao lado da Instalação de Radiação Sincrotron em Xangai fizeram pesquisas sobre a porcelana e seus cristais.

Já foram encontrados cristais em porcelana esmaltada da dinastia Song (960-1276) anteriormente, mas eles nunca estiveram distribuídos e dimensionados de maneira tão uniforme quanto os que foram encontrados agora. Ainda existe uma grande dificuldade de produzir cristais que tenham tamanho e pureza tão grandes, por isso, os resultados da pesquisa podem contribuir na produção de materiais magnéticos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.