Crimes com armas de fogo e explosivos caem na China

Campanha chinesa iniciada em 2020 já mostrou bons resultados

A China registrou uma queda anual de 4,3% nos crimes com arma de fogo em 2020 e de 3,6% nos que envolveram explosivos, revelou o Ministério da Segurança Pública nesta quarta-feira.

Em maio do ano passado, o país começou uma campanha de três anos contra delitos com armamentos e bombas. Desde então, a polícia resolveu 24 mil casos, desmantelando 113 quadrilhas e 314 redutos de criminosos e detendo 24 mil suspeitos.

Quase 1,2 mil crimes foram resolvidos devido a denúncias do público.

O ministério garante que intensificará os esforços para apreensão de armas de fogo e explosivos e estimulará os cidadãos a fornecerem informações e entregarem armamentos ilegais voluntariamente.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.