Cresce exportação de bicicletas da China

Produção de algumas empresas triplicaram em relação aos números pré-pandêmicos

Entre janeiro e setembro, a China exportou 41,66 milhões de bicicletas. O número é 12% maior em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 2,43 bilhões, de acordo com dados da Associação de Bicicletas da China.

No primeiro trimestre de 2020, a fabricação de bicicletas caiu, mas passou a se recuperar a partir de junho. Algumas empresas triplicaram a produção em relação à pré-pandemia. Acredita-se que as precauções com o novo coronavírus levaram pessoas de todo o mundo a recorrer ao ciclismo quando os trajetos são curtos.

A associação calcula que as receitas do setor passem dos 360 bilhões de yuans, cerca de US$ 54,78 bilhões, em 2020. O número representa um aumento de 10% em relação a 2019. Além disso, espera-se que as exportações continuem crescendo em mercados estrangeiros, como Europa, Estados Unidos e Sudeste Asiático.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.