CoronaVac tem excelente perfil de segurança, diz Dimas Covas

Vacina atingiu limiar de eficácia exigido pela Anvisa e pela OMS

O Instituto Butantan anunciou nesta quarta-feira que a CoronaVac é segura e que atingiu a eficácia necessária para solicitar o uso emergencial à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em coletiva de imprensa, Dimas Covas, diretor do Butantan, enfatizou a segurança do imunizante. Ele afirmou que, na terceira fase dos testes clínicos, as manifestações adversas foram leves e com baixa frequência. A reação mais presente foi dor no local de injeção.

A expectativa era que o instituto divulgasse o nível de eficácia da vacina nesta semana. No entanto, o anúncio não foi feito por uma questão contratual com a Sinovac, desenvolvedora da vacina na China.

Segundo o documento, a divulgação dos números só pode ser feita após análise completa dos dados pela parceira chinesa e envio para a agência de vigilância sanitária do país. O Butantan já enviou a base de dados para a Sinovac, que deve examinar os resultados em até 15 dias.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.