CoronaVac é amplamente aceita na África do Sul

Autoridades locais aprovaram o uso do imunizante chinês no início de julho

O governo, os partidos políticos, os trabalhadores e a sociedade civil sul-africana aprovaram a vacina CoronaVac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac, contra a Covid-19, que, segundo eles, fortaleceria a luta do país contra a pandemia.

A Autoridade de Produtos de Saúde da África do Sul (SAHPRA) aprovou o uso da CoronaVac no país no dia 3 de julho. O CEO da SAHPRA, Boitumelo Semete-Makokotlela, disse que aprovou o uso da vacina com base na segurança, qualidade e eficácia dos dados a eles apresentados.

A ministra da Saúde em exercício, Mmamoloko Kubayi-Ngubane, saudou a CoronaVac como um “ponto de virada e um alívio muito necessário para o programa de vacinação do país”.

“A CoronaVac impulsionará o fornecimento de imunizantes para o programa de implantação de vacinação do país, além das que já recebemos da Pfizer e Johnson & Johnson”, disse ela em uma entrevista coletiva na sexta-feira. “A aprovação veio em um momento em que a demanda por vacinas aumentou com cada vez mais pessoas desejando se imunizar.”

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.