Cooperação entre China e países de língua portuguesa pode atingir novo patamar em 2022, dizem especialistas

Nações se apoiaram para superar as dificuldades colocadas pela pandemia, segundo relatório

Créditos: Wu Hao/ Xinhua

A China e os países de língua portuguesa (PLP) se apoiaram para superar as dificuldades colocadas pela pandemia, escrevendo um capítulo histórico na construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, apontou um estudo publicado na última semana.

O relatório elaborado pelo Instituto de Estudos Regionais da Universidade de Economia e Negócios Internacionais, abrange as situações globais e tendências econômicas e sociais de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste de 2019 a 2020.

Na cerimônia de lançamento do documento, os especialistas disseram que a cooperação China-PLP pode atingir um novo patamar em 2022. Wei Jianguo, especialista do Centro de Intercâmbios Econômicos Internacionais da China, participou da reunião por videoconferência e disse que os PLP têm grande potencial de fortalecer a cooperação tecnológica com a China. “Portos, pontes, aeroportos, rodovias, trens de alta velocidade, entre outros. Ainda temos muitos para fazer”, destacou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.