Conheça a história de tradutor que sensibilizou internautas na China

Jin Xiaoyu traduziu 22 livros do inglês, japonês e alemão na última década

Um texto publicado pelo jornal chinês Hangzhou Daily comoveu leitores com a história de vida do tradutor Jin Xiaoyu, de 50 anos. Ele foi diagnosticado com transtorno bipolar enquanto jovem. Para ajudar a controlar sua condição, Jin visita um hospital psiquiátrico desde 1992. Assim, ele descobriu na tradução uma forma de cuidar da sua saúde mental.

Na última década, Jin traduziu 22 livros do inglês, japonês e alemão e leu quase todos os romances em língua estrangeira da Biblioteca de Zhejiang.

Na tarde de terça-feira, o artigo havia conquistado 2 milhões de leituras na conta de WeChat do Hangzhou Daily e 5 milhões de leituras em sua conta Sina Weibo.

O pai de Jin começou a receber telefonemas oferecendo ajuda depois que a história foi publicada no jornal. De acordo com o Hangzhou Daily, os leitores se ofereceram para reformar a antiga casa de Jin, comprar um novo computador, apresentar psiquiatras conhecidos e doações.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.