Confiança da população em governo chinês ultrapassa 90%, diz Edelman

Índice aumentou 11% em relação ao ano anterior

Créditos: Sun Fanyue/Xinhua

O nível de confiança entre os cidadãos chineses em seu governo atingiu 91%, enquanto esse índice para os cidadãos norte-americanos é de apenas 39%, mostrou o Barômetro de Confiança Edelman 2022,  divulgado nesta semana.

Desenvolvida pela Edelman Data & Intelligence, a maior empresa global de consultoria de relações públicas do mundo, a pesquisa foi feita através de entrevistas online de 30 minutos realizadas de 1º a 24 de novembro do ano passado com tem 36 mil pessoas de 28 países.

De todas as quatro categorias que o barômetro abrange, ou seja, empresas, organizações não governamentais (ONGs), governo e mídia, o índice de confiança dos cidadãos chineses aumentou, enquanto o dos cidadãos norte-americanos caiu. No geral, o índice de confiança dos chineses aumentou 11 pontos, para 83, enquanto o dos americanos caiu 5 pontos, para 43.

Focando na China, o relatório citou vários fatores internos e externos para explicar por que o apoio popular foi tão alto no ano passado. De acordo com sua análise, a China foi a primeira grande economia a reabrir e prosperar após o surto da Covid-19. Foi a única grande economia a registrar crescimento em 2020, com esse impulso continuando durante a maior parte de 2021. Além disso, o governo chinês avançou em outras áreas em 2021, como o combate à poluição e sua campanha anticorrupção.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.