Condições de emprego na China melhoram no segundo trimestre

Segundo relatório, a oferta de emprego aumentou em relação à procura, o que indica um crescimento da estabilidade no mercado de trabalho

O Instituto de Pesquisa de Emprego da China (CIER, na sigla em inglês) da Universidade Renmin, ao lado do site de procura de emprego Zhaopin.com, divulgou um relatório que mostra que as condições de emprego no país asiático melhoraram no segundo trimestre de 2019, o que indica uma estabilidade crescente no mercado de trabalho.

O estudo mostra que o índice que avalia a procura e oferta no mercado de trabalho aumentou de 1,68, no primeiro trimestre, para 1,89, no segundo, o que significa que houve uma melhora nas condições de emprego.  Quando o índice do CIER é acima de 1,0, a oferta de emprego ultrapassou a procura, enquanto quando ele é abaixo de 1,0, a procura é maior que a oferta.

O relatório mostra que a polarização de condições de emprego entre indústrias foi notavelmente aliviada no segundo trimestre, com a indústria de serviços intermediários tendo a demanda mais forte por trabalho. As indústrias de seguro, restauração e serviços de terceirização viram um crescimento significativo na procura no período.

No segundo trimestre, a região oriental da China continuou desfrutando das melhores condições de emprego, seguida pelas regiões central e ocidental. O relatório prevê que o mercado de emprego, em geral, manterá a estabilidade no terceiro trimestre.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.