Companhia aérea transporta mais de 1,3 mil médicos para Wuhan em voos fretados

Desde o dia 24 de janeiro a China Southern Airlines transladou mais de 4,8 mil médicos e 200 ton de suprimentos médicos para combater a epidemia do coronavírus

A China Southern Airlines, maior companhia aérea do país asiático, programou nove voos fretados no último domingo (9) para levar mais de 1,3 mil trabalhadores médicos para Wuhan, capital da província de Hubei e epicentro do surto do novo coronavírus. Apenas durante a tarde deste dia, chegaram à cidade quatro voos com 500 médicos do hospital da Universidade Médica de Jinzhou, na província de Liaoning.

Os outros voos, que chegaram na noite do mesmo dia, chegaram tanto de Liaoning quanto das províncias de Guangdong e Henan, com mais de 800 trabalhadores a bordo. A China Southern Airlines operou, desde o dia 24 de janeiro, 34 voos fretados para Wuhan e transladou mais de 4,8 mil médicos e mais de 200 ton de suprimentos médicos de todo o país, pelo que informou Luo Zhonghai, da filial de Hubei da companhia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.