Com epidemia controlada, última equipe de assistência médica deixa Hubei

“Saí de casa há mais de 80 dias, estou ansioso para ver minha família”, afirmou um profissional da saúde

Com a epidemia de COVID-19 sendo contida na Província de Hubei, a última equipe de assistência médica vinda de fora da região começa a voltar para casa. Composto por mais de 180 trabalhadores médicos do Hospital da Faculdade de Medicina União de Pequim, o grupo chegou a Wuhan, capital da província, em 26 de janeiro.

“Ainda há um pequeno número de pacientes que não se recuperaram totalmente. Esperamos que eles possam melhorar o mais rápido possível”, disse Guo Fan, membro da equipe médica. “Saí de casa há mais de 80 dias, estou ansioso para ver minha família”, afirmou.

Uma cerimônia de despedida foi realizada no início da manhã no hotel onde a equipe médica ficou hospedada. “Eles trabalharam com toda força. Muitas vezes vi muitos adormecerem enquanto tomavam o café da manhã. Eles merecem nossa sincera gratidão”, disse Liu Yanxia, ajudante de cozinha do hotel, que deixou seu posto para saudar o grupo.

Mais de 42 mil trabalhadores de todo o país foram enviados para ajudar Hubei a combater a epidemia desde o surto do vírus. Os médicos de apoio começaram a se retirar a partir de 17 de março.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.