Cirurgias de catarata gratuitas ajudam a combater a pobreza

Plano de ação é auxílio importante na zona rural

Segundo autoridade envolvida no projeto, a catarata é a principal causa de cegueira na China


Segundo autoridade envolvida no projeto, a catarata é a principal causa de cegueira na China

O Escritório do Grupo Líder do Conselho de Estado para Alívio da Pobreza e Desenvolvimento, junto com a Comissão de Saúde Nacional e Planejamento Familiar, lançou um plano de ação para o Projeto Claro, que oferece cirurgias gratuitas para pacientes de catarata pobres. O projeto teve início este ano, e irá atender todas as pessoas registradas como de baixa renda que sofram desse distúrbio. Segundo um membro da comissão, a catarata é a principal causa de cegueira na China. Alguns pacientes descartam a operação por razões financeiras, e sofrem parcial ou completa perda de visão, o que causa uma série de problemas tanto para os pacientes quanto para suas famílias. O tratamento gratuito da catarata para cidadãos de poucos recursos é também uma medida-chave não só para prevenir e curar a cegueira entre a população mas para erradicar a pobreza na zona rural da China até 2020. Além do seguro médico básico, que dá cobertura a quase todos os chineses, o Escritório do Grupo Líder do Conselho de Estado para Alívio da Pobreza e Desenvolvimento irá levantar dinheiro em outras fontes para complementar os fundos necessários para o projeto. Segundo o plano de ação, o Escritório e a Comissão irão organizar uma avaliação dos resultados do tratamento, supervisionar a utilização dos fundos e também publicar regularmente os resultados.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.