CIIE representa movimento pioneiro na história de abertura da China para o mundo

Evento se tornou a primeira exposição de nível nacional com tema de importação do mundo

Xinhua/Jin Haoyuan

A 5ª Exposição Internacional de Importação da China (CIIE), a primeira exposição de nível nacional com tema de importação do mundo, certamente servirá como uma janela importante para que mais países aproveitem as oportunidades de desenvolvimento do país.

O presidente chinês, Xi Jinping, discursou na sexta-feira à cerimônia de abertura por videoconfêrencia, enfatizando que a China trabalhará com todos os países e todas as partes para compartilhar oportunidades no vasto mercado chinês, desde a abertura institucional e o aprofundamento da cooperação internacional.

A exposição foi projetada por Xi com o propósito de expandir a abertura da China e transformar o enorme mercado da China em oportunidades para o mundo. Este movimento pioneiro na história do comércio internacional é considerado um “portão dourado” que leva ao vasto mercado chinês.

Desde sua estreia em 2018, a CIIE tornou-se uma vitrine do novo paradigma de desenvolvimento da China, uma plataforma para abertura de alto padrão e um bem público para o mundo inteiro. Nas quatro edições anteriores, a China introduziu uma série de medidas para uma maior abertura, incluindo uma nova seção da Zona de Livre Comércio Piloto de Xangai, encurtando a lista negativa de investimentos estrangeiros e uma abertura ordenada do setor de serviços.

Dados do Ministério do Comércio mostram que, de 2018 a 2021, os expositores das quatro edições anteriores da CIIE lançaram mais de 1.500 novos produtos, tecnologias e serviços, com um faturamento total previsto superior a US$ 270 bilhões.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.