Cientistas chineses monitoram misteriosas explosões rápidas de rádio

Usando o FAST, maior radiotelescópio do mundo, os cientistas buscam descobrir a natureza dessas explosões rápidas analisando seus pulsos estaticamente

Cientistas chineses acompanharam de perto as repetitivas explosões rápidas de rádio durante o Feriado do Dia Nacional do país, que aconteceu na última semana. Ainda não se sabe de qual tipo de corpo celestial elas vêm e nem a sua distância em relação à Terra, pelo que disse Qian Lei, um dos pesquisadores associados dos Observatórios Astronômicos Nacionais da Academia Chinesa de Ciências.

Essas repetitivas explosões, batizadas de FRB121102, foram primeiramente descobertas em setembro quando os pesquisadores processaram dados sobre sinais de rádio cósmicos diários, recebidos pelo Radiotelescópio Esférico de Abertura de Quinhentos Metros (FAST), também apelidado de “Olho do Céu da China”.

Normalmente, os rápidos estouros são curtos e intensos, bem menos numerosos que os pulsares, afirmou Qian, dizendo que o fato de eles serem tão repetitivos é ainda menos comum. “Gostaríamos de descobrir a natureza e as leis potenciais das repetitivas explosões rápidas de rádio analisando seus pulsos estaticamente”, explicou ele, que também é chefe do programa de observação “Olho do Céu da China”.

Os cientistas chineses acreditam que mais detecções e pesquisa podem ajudar a esclarecer as origens e mecanismos físicos dos ditos “sinais misteriosos oriundos do espaço profundo”. Li Di, cientista dos Observatórios Astronômicos Nacionais, disse em entrevista à Xinhua que o FAST deve descobrir dezenas de novas explosões rápidas de rádio depois de obter um receptor de 19 vigas para executar pesquisas simultâneas sobre diversos alvos científicos.

Localizado em uma depressão kárstica profunda e redonda, que foi formada naturalmente, na província de Guizhou, o maior radiotelescópio de antena parabólica única do mundo já identificou 96 novos pulsares desde outubro de 2017.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.