Cientistas chineses lançam pesquisa “oceano saudável”

O projeto consiste em quatro navios coletando dados do Mar Bohai, do Mar Amarelo e dos estuários do Rio Yang-Tsé e do Rio das Pérolas

Um projeto de pesquisa marinha, com quatro navios zarpando de três portos chineses para pesquisar as condições das águas costeiras da China, foi lançado pela Academia Chinesa de Ciências (ACC). Batizada de “oceano saudável”, a expedição conjunta irá coletar dados no Mar Bohai, Mar Amarelo e nos estuários do Rio Yang-Tsé e do Rio das Pérolas, com o objetivo de facilitar futuras pesquisas.

Dos quatro navios, dois partiram de Qingdao, na província de Shandong; um partiu de Yantai, também em Shandong; e um de Guangzhou, na província de Guangdong. A pesquisa multidisciplinar terá dez dias de duração e deverá prover um panorama extensivo sobre as mudanças físicas, geológicas e ecológicas nas águas costeiras da China.

Wang Fan, chefe do Instituto de Oceanologia da ACC, disse que a pesquisa será utilizada para dar início a um processo de observação e pesquisa marinhas de longo prazo que abrange as áreas de restauração ecológica e prevenção e controle de desastres.

Pelo que afirmou Sun Longtao do Instituto de Oceanologia do Mar do Sul da China, a pesquisa também foi pensada por conta da urgente necessidade de estudar a situação ecológica do estuário do Rio das Pérolas, que enfrentará desafios ambientais crescentes com o avanço da construção da Grande Área da Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.