Cientistas chineses descobrem rocha pontiaguda na Lua

Objeto dá a impressão de que serve como “ponto de referência”, segundo os pesquisadores

O rover chinês Yutu-2 encontrou uma rocha alongada com ponta no lado oculto da Lua, segundo informações da Administração Espacial Nacional da China (CNSA). A descoberta deixou cientistas da missão Chang’e 4 “maravilhados”. 

De acordo com os pesquisadores, a impressão que dá é que ela foi colocada no local para marcar a localização, servindo como “ponto de referência”. 

O registro foi feito pouco antes de o Yutu-2 hibernar durante a noite lunar, quando os raios solares não incidem na região. Por isso, os cientistas tiveram que esperar um tempo para fazer uma análise mais detalhada.

As atividades do rover foram retomadas no dia 6 de fevereiro. O equipamento já fez algumas imagens do objeto e de rochas e crateras nas redondezas, mas não o suficiente para tirar boas conclusões.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.