Cientistas chineses descobrem origem de macacos-dourados de nariz arrebitado

Análises de marcadores genômicos mostraram a evolução dessa espécie, que atualmente está ameaçada de extinção

A origem e a história da população de macacos-dourados de nariz arrebitado foram descobertas e reveladas por cientistas chineses, de acordo com o jornal Science and Technology Daily. Ameaçados de extinção, os macacos dessa espécie são encontrados especialmente nas províncias de Sichuan, Gansu e Shaanxi, além de na Reserva Natural de Shennongjia, na província de Hubei. Nos dias de hoje menos de 20 mil espécimes vivem em estado selvagem.

Cientistas da Universidade de Yunnan e do Instituto de Ciências Biológicas de Xangai, subordinada à Academia Chinesa de Ciências, analisaram múltiplos marcadores genômicos de diferentes populações geográficas de macacos-dourados de nariz arrebitado. O resultado mostrou o processo de difusão da espécie e o fluxo do gene entre macacos de diferentes origens geográficas.

Após essas análises, os cientistas formularam a teoria de que a população ancestral vivia, no início, em áreas montanhosas no centro e sudoeste da China, e que a interferência das mudanças paleoclimáticas conduziu a diversas populações geográficas. A pesquisa, que foi publicada no jornal Molecular Biology Evolution e será usada como base para novas ações de proteção da espécie ameaçada, é bastante significativa para a biogeografia chinesa.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.