Cientistas chineses completam missão de coleta de sementes no Monte Qomolangma

Equipe concluiu missão a uma altura de 6,2 mil metros

Cientistas chineses concluíram uma missão de coleta de sementes no Monte Qomolangma, de acordo com o banco de dados nacional para a preservação de recursos de germoplasma da vida selvagem no país.

A equipe coletou com sucesso sementes de diversas plantas como crucihimalaya himalaica e saussurea gnaphalodes a uma altura de aproximadamente 6,2 mil metros, estabelecendo um novo recorde de coleta de plantas na maior altitude da China.

As sementes serão preservadas permanentemente após limpeza e contagem. “A missão é uma nova exploração e uma tentativa de coletar recursos de germoplasma de plantas em alta altitude, o que é de grande importância para proteger a biodiversidade, lidar com as mudanças climáticas e fortalecer a construção da bio-segurança”, disse Cai Jie com o Banco de Espécies Selvagens.

A equipe de coleta foi ao Monte Qomolangma duas vezes em agosto e setembro deste ano, e passou mais de 20 dias consecutivos, alcançando a maior altitude de 6.605 metros para realizar a pesquisa e coleta da diversidade vegetal.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.