Ciência e tecnologia são essenciais para redução da pobreza na China

Especialistas foram enviados para regiões carentes do país para oferecer apoio intelectual e promover empreendedorismo

“A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel fundamental na redução da pobreza na China”, pontuou He Defang, funcionário do Ministério da Ciência e Tecnologia, nesta semana. Segundo ele, nos últimos cinco anos, mais de 50 mil novas variedades e tecnologias foram desenvolvidas para aumentar a qualidade e a eficiência da indústria agrícola em áreas pobres.

“Foram enviados especialistas em ciência e tecnologia para regiões carentes para oferecer apoio intelectual e promover o empreendedorismo”, afirmou He.

Ele citou exemplos do papel da ciência e da tecnologia no alívio da pobreza, dizendo que o Ministério da Ciência e Tecnologia ajudou o distrito de Zhashui, na Província de Shaanxi, noroeste da China, a criar três plataformas inovadoras e 30 bases de demonstração para cultivar orelha-de-pau, um cogumelo amplamente usado na culinária chinesa. O valor de produção anual da indústria atingiu quase 300 milhões de yuans (US$5 milhões).

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.