Cidade Proibida aumenta limite diário de visitantes

Famoso museu chinês está funcionando com medidas restritivas para conter a propagação de COVID-19

Nesta semana, o Museu do Palácio da China, popularmente conhecido como Cidade Proibida, aumentou seu limite diário de visitantes. A partir de agora, serão disponibilizados doze mil ingressos por dia.

O Museu do Palácio parou de admitir visitantes em 25 de janeiro para conter a propagação do novo coronavírus. Foi reaberto em maio, com um número de pessoas até então limitado a cinco mil por dia.

Os turistas precisam fazer reservas online. Além disso, é necessário medir a temperatura corporal antes de entrar, usar máscaras faciais e praticar o distanciamento social.

O ano de 2020 marca o 600º aniversário da Cidade Proibida. O Museu do Palácio foi construído com base no antigo complexo imperial em 1925.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.