Cidade Proibida abre mais seções da sua muralha para visitantes

Devido ao feriado do Dia Nacional, os lados sul, leste e norte do palácio foram abertos ao público

Novas seções da muralha que rodeia a Cidade Proibida foram abertas para o público durante a semana do feriado do Dia Nacional da China, de acordo com o Beijing Daily. O Museu do Palácio da Cidade Proibida abriu as partes sul, leste e norte de seu muro, que ficam na maior parte do tempo fechadas.

Até mesmo a parte que vai da Porta de Wumen (meridional), no extremo sul do museu, até a torre do lado sudoeste foi aberta, permitindo que os visitantes pudessem passar pela muralha e ver três quartos do palácio. Construído no século XV, o muro da Cidade Proibida é o maior e mais conservado muro de um palácio real da China, tendo 3.437,6 m de comprimento, 9,3 m de altura, 8,55 m de largura em sua base e 6,63 m de largura em seu topo.

O muro tem uma porta em cada lado, sendo que em cada uma das suas quatro esquinas estão as suas torres, que são as estruturas mais visíveis para quem está no lado exterior do palácio. A estrutura intrincada do telhado, junto das sombras sobre a água que rodeia o palácio, sempre levam multidões a fotografar o cenário espetacular.

O curador do Museu do Palácio, Shan Jixiang, afirmou que a decisão foi tomada com o intuito de evitar aglomerações e de oferecer mais opções de ver relíquias culturais aos visitantes. Nos últimos anos a Cidade Proibida tomou diversas medidas para controlar o número de visitantes, ao mesmo tempo que abriu mais áreas ao público.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.