Chineses sintetizam amido a partir do dióxido de carbono pela primeira vez

Estudo foi conduzido pelo Instituto de Biotecnologia Industrial de Tianjin

Cientistas chineses desenvolveram um método artificial de sintetizar o amido a partir do dióxido de carbono, o primeiro do tipo já realizado no mundo. O estudo, conduzido pelo Instituto de Biotecnologia Industrial de Tianjin da Academia Chinesa de Ciências, foi publicado na revista Science.

Como o principal componente dos alimentos, o amido é geralmente produzido por safras através da fotossíntese, o que precisa de cerca de 60 reações metabólicas e uma regulação fisiológica complexa.

A equipe de estudo concebeu uma via de síntese artificial que consiste em apenas 11 reações centrais, alcançando a formulação completa de dióxido de carbono em moléculas de amido, relatou Ma Yanhe, diretor-geral do Instituto de Biotecnologia Industrial de Tianjin.

A estrutura do amido sintético provou ser a mesma do amido natural, destacou Ma, que também é o autor do estudo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.