Chinesa Didi se une à BP para desenvolver estações de recarga elétrica

Como a China é o maior mercado de veículos de nova energia, a petroleira britânica vê muitas oportunidades na associação com a plataforma de transportes sob demanda do país asiático

A plataforma chinesa de transporte sob demanda Didi Chuxing e a companhia britânica de petróleo British Petroleum (BP) se uniram para construir uma joint venture dedicada ao desenvolvimento e operação de estações de carregamento de veículos de nova energia, segundo anúncio da empresa chinesa.

A primeira estação de carregamento da BP, construída na cidade de Guangzhou, está atualmente conectada à plataforma Didi em uma operação de teste. Após o estabelecimento da joint venture, as construções subsequentes serão ainda mais aceleradas, segundo a Didi.

“Como o maior mercado de veículos elétricos do mundo, a China oferece oportunidades extraordinárias para desenvolver a escala de novos negócios inovadores”, disse Tufan Erginbilgic, executivo sênior da BP. “Nós vemos essa como a associação perfeita no contexto de um ambiente em rápida evolução”. Ele afirmou ainda que, como a Didi tem um grande número de usuários, a BO espera que as estações de recarga fiquem bem populares assim que forem colocadas em uso, o que ajudará na expansão global dos negócios da BP.

A Didi Chuxing opera com a sua própria marca na China, México, Austrália e Japão, além de ter adquirido o 99, principal empresa de viagens compartilhadas no Brasil, em janeiro de 2018. Uma rede global de investimentos e parcerias conecta a Didi com sete grandes sócios internacionais, atende a mais de mil cidades e atinge mais de 80% da população mundial, segundo a empresa.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.