China vê junho mais quente em mais de 60 anos

Temperatura foi 0,9 graus Celsius mais alta do que o normal no país

Créditos: Xinhua/Gao Qimin

A temperatura média mensal em toda a China atingiu 21,3 graus Celsius em junho, o valor mais quente desde 1961, informou a principal agência meteorológica do país, nesta terça-feira.

A temperatura de junho foi 0,9 graus Celsius mais alta do que o normal. Muitas regiões, incluindo a Província de Henan, no centro da China, e a Província de Shandong, no leste da China, registraram a maior temperatura de junho da história, de acordo com a Administração Meteorológica.

As ondas de calor cobriram partes da China de 13 a 26 de junho, afetando mais de 600 milhões de pessoas. Um distrito na Província de Hebei, no norte da China, viu sua temperatura atingir 44,2 graus Celsius em 25 de junho.

Fang Xiang, vice-diretor do Centro Nacional de Meteorologia da China, atribuiu a alta temperatura média de junho à forte alta das temperaturas no norte da China durante esse período.

Em julho, o sul da China e partes do sudoeste da China e leste da China podem ver temperaturas médias mais baixas em relação aos anos anteriores, enquanto o resto da China pode relatar temperaturas semelhantes ou mais altas, de acordo com Fang.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.