China vai reforçar apoio a desenvolvimento de tecnologias usadas em epidemia

Big data e inteligência artificial são adotadas pelo governo e por todos os setores em meio à prevenção e controle do novo coronavírus

O Ministério da Ciência e Tecnologia da China anunciou que reforçará o apoio ao desenvolvimento de tecnologias de ponta e novos formatos de indústrias que mostraram grande potencial durante a epidemia da COVID-19.

Qin Yong, diretor-geral do Departamento de Alta e Nova Tecnologia da pasta, disse que alguns novos formatos e novos modelos de indústrias, especialmente os baseados na internet, desempenharam um papel importante durante a prevenção e controle da epidemia, oferecendo vários serviços para a sociedade e mostrando grande potencial de desenvolvimento.

As tecnologias de big data e inteligência artificial também estão sendo rapidamente utilizadas pelo governo e por todos os setores. Muitos institutos de pesquisa e empresas chinesas aplicaram tecnologia e produtos de inteligência artificial em análises epidêmicas, medição de temperatura corporal, teste de vírus e diagnóstico e tratamento auxiliar.

Segundo Qin, a pasta aumentará o apoio ao desenvolvimento de tecnologias de ponta, concentrando-se em computação avançada, software essencial, comunicações de banda larga, blockchain, optoeletrônica, micro/nano eletrônica, inteligência artificial e novos materiais.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.