China vai intensificar apoio na indústria de veículos de nova energia

País estenderá subsídios e isenções fiscais por mais dois anos, numa tentativa de restaurar produção e venda após COVID-19

O ministro da Indústria e Informatização da China, Miao Wei, informou nesta semana que o país vai intensificar os esforços para apoiar o desenvolvimento da indústria de veículos de nova energia (NEV, em inglês). O setor foi afetado pela epidemia do novo coronavírus no início do ano.

“O governo decidiu estender os subsídios e isenções fiscais para compras de NEV por mais dois anos para restaurar a produção e as vendas de NEV”, afirmou Miao.

“A capacidade de produção de NEV em abril atingiu basicamente o nível do mesmo período do ano passado”, disse o ministro. Segundo ele, o ministério também intensificará a construção de instalações de recarga e aumentará sua interconectividade.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.