China vai acelerar retomada do trabalho em toda a cadeia industrial

Mais de 95% das grandes empresas industriais fora de Hubei já retomaram as operações

O Ministério da Indústria e Informatização anunciou na sexta-feira que a China tomará múltiplas medidas para retomar o trabalho e a produção em toda a cadeia industrial em meio à batalha contra o novo coronavírus.

“Escassez de mão-de-obra, transporte interrompido, fluxo de caixa apertado, falta de matérias-primas e suprimentos de controle epidêmico são as principais barreiras para que a cadeia industrial funcione a todo vapor”, disse Xin Guobin, vice-ministro do ministério.

Segundo ele, medidas de apoio serão tomadas para aliviar a tensão de financiamento das pequenas e médias empresas, as mais vulneráveis com o surto da COVID-19. Além disso, Xin observou que o transporte estável deve ser assegurado para acelerar a retomada coordenada do trabalho das cadeias industriais.

Mais de 95% das grandes empresas industriais localizadas fora da província de Hubei voltaram a operar. Cerca de 60% das pequenas e médias empresas retornaram ao trabalho.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.