China tomará medidas para descarte de novos poluentes

Conselho de Estado lançou recentemente um plano de ação para até 2025

Créditos: Xinhua/Xu Yu

 A China tomará uma abordagem direcionada, científica e baseada na lei para descartar novos poluentes, de acordo com um funcionário do Ministério da Ecologia e Meio Ambiente.

O Conselho de Estado lançou recentemente um plano de ação, que visa elevar significativamente a capacidade de tratamento frente aos novos poluentes até 2025.

“Isso ajudará em melhorar o ambiente ecológico, promover o desenvolvimento e a vida de alta qualidade e garantir a saúde e segurança ecológica do povo”, disse o funcionário ao comentar o documento.

Nos últimos anos, o ministério, juntos com outros departamentos, adotou várias medidas para melhorar a proteção ambiental, incluindo a padronização do gestão de risco para substâncias químicas tóxicas e perigosas e avaliações de risco ambiental de substâncias químicas, disse o funcionário, observando que esses movimentos acumularam experiência para o trabalho de controle de novos poluentes.

Gerados na produção ou uso de produtos químicos perigosos, os novos poluentes incluem poluentes orgânicos persistentes, disruptores endócrinos e antibióticos. Eles representam riscos para o meio ambiente e para a saúde humana e são difíceis de serem tratados.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.