China tomará medidas defensivas caso EUA aumentem as tarifas

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores enfatizou que, caso os Estados Unidos sigam em frente com essa medida, serão os responsáveis por todas as possíveis consequências disso

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China disse, em uma coletiva de imprensa, que o país asiático terá que tomar “medidas defensivas” para defender os seus interesses nacionais essenciais e os interesses fundamentais do seu povo caso EUA sigam em frente e aumentem as suas tarifas.

A declaração foi feita como resposta à decisão do governo estadunidense de aumentar as tarifas sobre as mercadorias chinesas no valor de US$ 300 bilhões a partir do dia 1º de setembro. Hua ainda acrescentou que o lado norte-americano será responsável por todas as possíveis consequências em torno disso.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.