China testa sonda para missão a Marte que será realizada neste ano

Epidemia do novo coronavírus não atrapalhou simulação

Ilustração gráfica simula momento do pouso em Marte.

O Centro de Controle Aeroespacial de Pequim anunciou ontem que a China já realizou um teste de sonda para a missão de exploração a Marte que será realizada neste ano. O teste de rede sem fio é o único ensaio conjunto terrestre entre o centro de missão e o veículo espacial.

Segundo o plano, a primeira missão de exploração a Marte da China será realizada em 2020. Cui Xiaofeng, chefe da equipe da missão, disse que o controle da navegação espacial será difícil e cheio de desafios, pois a sonda de Marte levará cerca de sete meses para pousar no planeta.

De acordo com o especialista, a simulação não foi afetada pela epidemia do novo coronavírus e os funcionários técnicos estão trabalhando para garantir o sucesso da missão.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.