China testa motor de foguete para missão de estação espacial

Máquina suportou mais tempo em funcionamento do que o previsto

Um motor chinês de oxihidrogênio de alta potência completou um teste de 520 segundos em Pequim durante a preparação para as missões de estação espacial, informou a China Aerospace Science and Technology Corporation (CASC) nesta quarta-feira.

A máquina, desenvolvida para o Longa Marcha-5, é a mais avançada para foguete de combustível líquido criogênico que já foi colocado em uso na China.

O motor funcionou por 520 segundos durante o teste no domingo, 20 segundos a mais do que o projetado, mostrando a capacidade de estender a vida útil do motor. Esse foi o quinto teste de longa duração do equipamento, que aumentou o tempo de operação experimental para 2.520 segundos.

Xu Xiaoyong, designer da CASC, explicou que o objetivo da avaliação era verificar o desempenho do motor “de modo a garantir o sucesso das próximas missões de lançamento de foguetes Longa Marcha-5B Y2”.

O Longa Marcha-5B será usado para lançar vários módulos para a estação espacial tripulada da China. O módulo central deve ser lançado nesta primavera.

A fabricante ainda fará mais três testes de 500 segundos para aumentar a confiabilidade do motor.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.