China terá 9 milhões de novos graduados universitários em 2021

Ministério da Educação também tem organizado campanhas para ajudar estudantes a encontrar empregos

A China deve ter quase 9,1 milhões de novos graduados em universidades e faculdades do país em 2021, 350 mil a mais que o número do ano passado, revelou o Ministério da Educação na quinta-feira.

A pasta informou que, desde o outono do ano passado, tem trabalhado com outros departamentos governamentais para lançar uma campanha para ajudar estudantes formados a encontrar empregos ou abrir empresas.

Uma semana de promoção de recrutamento será realizada em todo o país, de 17 a 23 de maio, para fornecer oportunidades de trabalho para os recém-formados e para as universidades e empregadores combinarem melhor os candidatos com as posições abertas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.