China tem cerca de 682 mil cooperativas de agricultores para combater pobreza

Iniciativas ajudaram quase 22 milhões de pessoas a se livrarem da pobreza

Mais de 90% das aldeias pobres da China criaram cooperativas de agricultores, que desempenham um papel importante nos esforços para acabar com a pobreza no país.

Segundo dados divulgados nesta semana durante uma conferência nacional sobre alívio da pobreza, existem cerca de 682 mil cooperativas do tipo na China. As iniciativas ajudaram quase 22 milhões de pessoas a se livrarem da miséria.

O número de pobres rurais sob a atual linha de pobreza da China caiu de 98,99 milhões no final de 2012 para 5,51 milhões no final de 2019. O governo chinês definiu o final de 2020 como sua meta de erradicar a pobreza absoluta.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.