China tem 29 revistas científicas no topo dos rankings mundiais

Após plano de ação lançado em 2019, número de veículos chineses na lista aumentou em 39%

Um total de 29 revistas científicas chinesas estão entre as 10% mais bem colocados nos rankings globais de diferentes disciplinas acadêmicas, disse Huai Jinpeng, alto funcionário da Associação Chinesa de Ciência e Tecnologia (CAST, em inglês), em uma conferência em Pequim.

Entre as cem principais instituições acadêmicas globais de melhor desempenho do banco de dados Essential Science Indicators, 78 publicaram um total de 1.965 artigos nas principais revistas científicas da China no ano passado, um aumento de 39% em relação a 2019.

A CAST, juntamente com outros seis departamentos, lançou um plano de ação há dois anos para criar excelentes revistas científicas. Ao todo, 22 veículos líderes foram selecionados como projetos-chave sob esta iniciativa.

“Vemos as revistas científicas como uma importante plataforma de intercâmbio acadêmico, que é um palco de encontro para os melhores talentos e uma base de treinamento para os jovens. Elas ajudarão a China a alcançar a autossuficiência na ciência e na tecnologia”, disse Huai.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.